RESENHA | "THEORY OF LOVE" de JittiRain - Parágrafo Cult

RESENHA | "THEORY OF LOVE" de JittiRain

Publicado em terça-feira, 23 de março de 2021

Foto: Larissa - @paragrafocult

Editora: EverY  |  Páginas: 568  |  Ano: 2017  |  Gênero: Romance, LGBTQIA+, Novel, BL


Third é um estudante de cinema que está sempre cercado pelos seus amigos Bone, Two e Khai desde o primeiro dia da faculdade. Ele e Khai são bem próximos e desde quando se conheceram, Third nutre uma paixão secreta pelo melhor amigo mas se recusa a contar por medo de perder a amizade já que Khai além de ser o maior mulherengo que ele já conheceu, o rapaz ainda tem como lema não se relacionar com amigos.


Tendo isso em mente, Third segue sem contar para ninguém dessa paixão unilateral, com a esperança de que assim que a faculdade acabar, finalmente vai conseguir se ver livre disso. Apesar dessa proximidade e intimidade entre os dois onde ele faz o que pode para agradar o outro, Khai sempre acaba deixando o amigo em segundo lugar para poder sair com outras meninas, o que sempre resulta em um Third magoado tentando não deixar isso transparecer. É em uma dessas ocasiões que Two encontra o amigo chorando e descobre seu segredo,  decidindo então ajudá-lo a conquistar Khai.


É óbvio que não dá muito certo. Third e Khai acabam indo morar juntos mas uma cadeia de ações decepcionantes de Khai fazem Third decidir que talvez seja melhor se afastar para manter seu bem estar e a amizade. É quando ele se afasta, deixando de colocar Khai em primeiro lugar de tudo que o outro rapaz percebe a falta que o amigo faz. A obra até aí é narrada por Third em meio a sua paixonite e decepções com Khai mas quando há o afastamento, somos mostrados ao ponto de vista de Khai.


Tenho que dizer que fiquei com muita raiva do personagem Khai durante a narrativa por conta de seu egoísmo. Third vive a vida como se estivesse em uma comédia romântica, o que super combina com sua mentalidade e seu curso da faculdade e ver como ele se magoava ao tentar se manter próximo de Khai naquele amor unilateral era triste. Quando Khai nota o afastamento do melhor amigo, percebe aos poucos que talvez goste mais do que imaginava do garoto baixinho e decide correr atrás do personagem que já cansado de se magoar, cria uma barreira entre ambos para evitar que tudo se repita. Foi bom demais ver ele sentindo na pele um pouco do que o outro passava.


É um romance clichê do tipo que gosto de ler para me livrar da ressaca literária e manter o coração leve. Gosto muito dessa narrativa em primeira pessoa por me permitir conhecer melhor dos sentimentos dos personagens, sem contar que ver o Khai provando de seu próprio veneno foi bem satisfatório, admito. 


Essa, assim como a novel Duas Luas que já resenhei aqui, é uma obra tailandesa e também tem adaptação e um filme sequência bem fiel a obra original que está disponibilizada no youtube em português no canal oficial da GMMTV. Se você gosta de romances jovens leves, Khai e Third são a pedida certa mesmo que talvez te faça passar um pouco de raiva. Pra quem não está acostumado a ler novels tailandesas e asiáticas no geral talvez estranhem um pouco de início mas vale a pena. Vou deixar o trailer da série abaixo para quem quiser assistir (achei que o trailer ficou bobo demaaaaais em comparação a obra mas fazer o que? :P ). A produção tem bem cara de doramão mesmo rs.


TRAILER OFICIAL

Obs.: Ganhei o ebook de presente de um amigo, ele está disponibilizado em inglês por um preço bem salgadinho na Amazon. 

4 comentários:

  1. Oi, Larissa. Como vai? Parece-me um bom livro para se ler despretensiosamente. Adorei a resenha. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Suas postagens são ótimas, estou seguindo seu blog e curtindo bastante!! Parabéns!

    Meu Blog: Giovana Castro

    ResponderExcluir
  3. Suas postagens são ótimas, estou seguindo seu blog e curtindo bastante!! Parabéns!

    Meu Blog: Giovana Bayer

    ResponderExcluir