RESENHA | "ELFOS, ORCS E FUZIS DE ASSALTO" de Marcelo Hipólito

em sábado, 19 de outubro de 2019

Foto: Acervo Pessoal - Parágrafo Cult
Editora: Giostri  |  Páginas: 136  |  Ano: 2017  |  Gênero: Fantasia, Ação
Sinopse: Este é um épico de fantasia e aventura que transcorre a cidade de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Nova York e Washington, nos confins da floresta Amazônica e sob o calor escaldante de Cuba. Caos, traições, preconceitos, esperanças e horrores emergem do encontro de povos fantásticos com pessoas comuns, dos conflitos entre o relativismo moral do nosso mundo e dos valores absolutos do Bem e do Mal de uma estranha e perigosa terra encantada. 

Recebi esse livro pelo autor parceiro do blog Marcelo Hipólito já tem alguns dias mas devido a alguns problemas pessoais, acabei demorando a iniciar a leitura. É um livro pequeno e por isso de leitura bem rápida que conta uma história de fantasia ambientada em grande parte aqui em terras brasileiras. 
Admito que no começo eu não engatei a leitura de uma vez. A narrativa do autor é diferente do que estava acostumada e por isso eu precisei de algumas páginas para me adaptar. A forma como a história é contada é bem objetiva. O tipo de livro que é vai direto ao ponto, sem muitas descrições das cenas. Como estou acostumada a ler longos livros que descrevem cada segundo da cena pedaço por pedaço, estranhei um pouco de começo essa leitura mais objetiva porém nada que tenha me incomodado por muito tempo pois depois que me adaptei, a leitura fluiu rapidamente. 

Mas seria justamente a dor que o despertaria em meio a um cenário de devastação assustadora. 

Aqui, temos dois mundos de uma terra em outra dimensão chamada de Magia. Lá era um lugar onde o Povo da Luz habitava sempre em plena paz até que uma guerra contra o Exército das Trevas liderado pelo Lorde Sombrio dizimou toda a terra de Magia, acabando com a vida ali e abrindo um portal para o mundo humano, mais precisamente no Brasil, onde para evitarem a morte, a parte da população da Luz de refugiou. O que não era esperado é que outro portal também fosse aberto, levando o Exército das Trevas para outra parte do mundo, os Estados Unidos. 
No livro, os povos da Luz e das Sombras são descritos de forma como "bom e mau" bem enfaticamente. Até mesmo eles se rotulam dessa forma pois sua moral é totalmente formada e moldada nisso, não tendo espaço para ambiguidades morais como aqui no mundo humano. 
De começo, os visitantes são recebidos de maneira bem hostil, claro. Afinal, a sua chegada causara muitas mortes nos locais próximos de onde os portais foram abertos e eles não eram humanos, ao menos não todos. Os povos da Luz eram compostos também por elfos e anões e os das Trevas, por orcs e trolls. 

Então, sua voz tenebrosa soou num eco duro e cortante como se mil espadas deslizassem para fora de suas bainhas em busca de carne e sangue. 

Anos se passaram e o povo das terras de Magia já se encontravam misturados a sociedade humana. Muitos ocs infelizmente acabaram adentrando o mundo do crime e o povo da luz trouxera consigo o grão dourado, que era um substituto para o trigo e o arroz. A plantação desse grão só era feita aqui no Brasil, o que transformara o país em um lugar rico e de grande poder. 
O problema é que os Estados Unidos detinham o Lorde Sombrio que diziam estar aprisionado porém uma criatura de tão grande poder não de permitiria ser aprisionado por meros humanos em uma prisão comum. Há muito mais por trás disso e um grande plano para tomar o poder vem sendo traçado em silêncio. Não dá para confiar em mais ninguém nessa jornada onde personagens que pareciam confiáveis e bons se mostram o total oposto.
O que mais gostei no livro foi a forma como os povos se influenciavam. O Povo da Luz sempre fora um povo pacífico e de paz, bom, porém com o tempo vivendo entre os humanos, se deixaram influenciar por seus ideais e aos poucos sua índole foi sendo remodelada. Alguns se deixando seduzir pelo poder e ganância que antes abominavam. Aos poucos não havia mais "bom e mau", "preto e branco" entre os povos. 

O Mal, contudo, nunca desaparece; apenas muda de nome.

A leitura do livro, como disse, é bem simples e rápida. Além de ser curto, o que permite que seja lido em poucas horas. O final foi satisfatório e na minha opinião, deixou um gancho para uma continuação. Foi uma história de fantasia realista, que fala muito mais do que apenas sobre heroísmo, levantando também uma discussão sobre moralismo e mostrando que "as aparências enganam". Só senti um pouco de falta de maior aprofundamento dos personagens. Acho que é justamente por essa minha mania de querer saber todo o passado de cada personagem e entender profundamente o que os levou até ali, por isso apenas não dei uma nota maior. Fora isso, a leitura é muito boa e divertida.

Nota: 3,8/5,0

26 comentários , comente também!

  1. nao conhecia esse livro mas e bom saber que e uma estoria curta e objetiva
    parabens pela resenha

    ResponderExcluir
  2. Oi, Larissa como vai? Eu já um livro do Marcelo Hopólito de nome "Lucifer" e me agradou bastante. Esse livro ainda não li, mas percebe-se em sua resenha que é uma fantasia, digamos um tanto diferente, mais voltada para realidade. Ótima resenha e a obra deve ser muito boa de ser lida. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Larissa.
    Não conhecia o autor e muito menos o livro. Para quem curte ler distopias, me pareceu uma boa pedida.
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser muito bom, principalmente por ser uma leitura bem curta, coisa que gosto muito, pois tenho ansiedade. <3 Niceness Beauty

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, mas achei bem legal a sua resenha. Acho importante livros de autores nacionais e gostaria de ler mais. Também gosto de livros mais descritivos.

    https://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro fantasias e creio que poderia dar uma chance sim. Quando nos deparamos com uma escrita diferente é realmente complicado pra continuar porque atrapalha bastante na hora de apreciar a leitura, mas fico feliz que tenha gostado do livro e que isso não foi um fator que te atrapalhou tanto.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    Fantasia em terras brasileiras, é algo bem diferente, né?
    Gostei! E o bom é que é pequeno, dá para ler rápido.
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Adorei o título! Dificilmente eu acho uma fantasia nacional que me interesse e essa já tem meu interesse por causa do título intrigante.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Sobre "estranhei um pouco de começo essa leitura mais objetiva", isso é positivo por um lado. O autor consegue, assim, atingir maior filão de leitores, ainda mais considerando que, em regra, o brasileiro não gosta de ler muito. E serve como porta de entrada à sua obra. Com o tempo, tendo leitores para chamar de seus (rs), pode se dar a algo mais longo.

    A trama parece original e empolgante. E esse título ficou perfeito, de algo mítico a uma ferramenta moderna.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Oie,

    Achei o livro bem legal, e é bacana quando a leitura é rápida e fluida.
    Vou deixar anotado como dica!

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  11. Oi Larissa.
    Eu também tenho essa tendência a precisar da história anterior para ficar mais empática com os personagens. Costumo repetir que são eles que podem ou não mudarem uma história. Provavelmente teria a mesma reação que você.
    Amei sua resenha.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  12. Amei sua resenha, Larissa. Não leio histórias assim com frequência, mas fiquei curiosa com essa história, principalmente por ela ser uma leitura fácil e rápida! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  13. Confesso que achei essa fantasia cheia de metáforas e filosofias para se ponderar.
    Bom poder conhecer mais sobre esse livro, principalmente por que gosto de leituras mais rápidas, com histórias curtas, e não me importo de saber sobre o passado dos personagens, nesse quesito sou bem tranquila, haha.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥ | Instagram - Vem interagir no Insta tbm!

    ResponderExcluir
  14. Nem me atrevo nessas leituras porque já sei que nem vou entender.
    E não é fácil continuar lendo, se não entende.

    No Kindle tenho opção de ler uma "amostra" de livro e comprar depois, se quiser.
    Li "O animal agonizante" de Philip Roth e gostei do que li.
    Quando houve promoção, comprarei.

    Parabéns pela trabalho com Maquiagem.
    Acho maravilhoso as transformações que os maquiadores conseguem.
    Aumentar o tamanho dos olhos, por exemplo, é fantástico.
    Hanna(sobrinha)ama maquiagem.
    Ela formou-se em Administração mas gosta é de maquiagem.
    Já disse que se especializasse em maquiar os de mais de 60 anos.
    O que acredito que não seja fácil.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha, não tinha conhecimento dessa leitura!
    Gostei da dica.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Lari, tudo bem?
    Apesar da premissa parecer legal, não sei se leria.
    Livros de fantasia tão "curtos e grossos", excessivamente objetivos, não funcionam tão bem comigo. Sinto falta de uma maior ambientação, de me sentir realmente transportada pro universo fantástico.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  17. Olá, Larissa.
    Eu nunca li nada do autor, mas já vi bastante elogios sobre seus livros. Esse particularmente achei meio confuso e não me chamou tanto a atenção, então acho que não leria ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  18. Esses ganchos para possíveis continuações só me deixam ansiosa. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Gostei da indicação.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  19. Interessante, parece ser um bom livro. Gostei demais da sua resenha.

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Larissa, tudo bem?
    Não conhecia o autor nem o livro. Me pareceu uma história interessante, mas assim como você eu também gosto de mergulhar um pouco pelo menos na história dos personagens. De qualquer forma, por ser uma leitura rápida de um gênero que eu adoro, gostaria de ler.

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  21. Oi Lari!
    O titulo e criativo nao ha como negar. Eu nao sei se conseguiria me da bem com personagens nao tao bem aprofundados. Geralmente isso e um problema pra mim. Mas quem sabe um dia eu nao de uma chance.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi, Larissa. Fico muito contente pela sua sinceridade acima de tudo. Já gostava muito das tuas postagens. Agora gosto ainda mais.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  23. Achei interessante, parece uma história bem fluída e gostosa
    Charme-se

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia o livro, mas o género é do tipo de livros que costumo gostar de ler! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  25. Oi, Larissa!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei a proposta bem legal, principalmente porque adoro fantasia. Uma pena que o autor não desenvolveu mais detalhadamente os personagens.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  26. amo demais esse tipo de livro, mas infelizmente, não tenho muito tempo pra ler, por conta da faculdade, https://annelims.blogspot.com/2019/10/testando-produtinhos-para-pele.html

    ResponderExcluir