RESENHA | "O APANHADOR DE SONHOS" de Stephen King

em domingo, 15 de setembro de 2019

Editora: Ponto de Leitura - Gênero: Literatura Fantástica/ Ficção Científica | Páginas: 810

Sinopse: Em "O Apanhador de Sonhos", Stephen King cria uma história sobre a verdadeira amizade e a memória. Em um texto assustador e emocionante, conduz seus personagens por uma batalha inigualável com o mundo das trevas. Eles ainda eram meninos quando viveram uma experiência que os marcaria para sempre, em Derry, a cidade mal-assombrada do Maine. Eram quatro meninos com seus sonhos e medos. Quatro amigos que juntaram suas forças e foram capazes de um grande ato de coragem. A partir dali tudo mudou, mas eles levariam um bom tempo até se darem conta disso. O tempo passou. Outros caminhos, outras histórias, mas continuaram amigos. Cúmplices. Todos os anos, onde quer que estejam, interrompem suas vidas para uma temporada de caça nos bosques do Maine. Um momento para recordarem o passado e fortalecerem o sentimento que os une. Nesse ano, algo diferente acontece: um forasteiro surge repentinamente no acampamento. Confuso, ele murmura frases desconexas. Assustado, fala de luzes no céu. Sua voz soa em meio ao grupo como uma estranha e aterradora profecia. Logo os amigos percebem que o homem dizia a verdade e se encontram envolvidos em uma luta contra uma poderosa criatura. Para sobreviver, terão de resgatar algo perdido na infância e contar com a ajuda d'O Apanhador de Sonhos. 
Sim, mais uma resenha do King no blog. A segunda de muitas, claro, visto que é o meu autor favorito da vida. Mas não vou mentir que essa resenha demorou a sair já que eu enrolei bastante para concluir esse livro. O começo dele era muito lento e por conta disso, eu demorei um pouco para embarcar no ritmo da leitura, demorei a me envolver realmente na história.
Aqui temos quatro amigos muito próximos: Henry, Jonesy, Beaver e Pete. Eles cresceram juntos e são como irmãos. A amizade deles é a coisa mais bonita do livro. Todos são realmente muito próximos e apesar de todos os problemas que surgiram em suas vidas após adultos, a amizade os mantém de pé. Os quatro compartilham uma ligação a mais além de apenas amizade: após um acontecimento quando adolescentes, passarem a ter alguns "dons" e sua ligação se fortaleceu fazendo com que pudessem sentir o que o outro sentia, alguns sonhos premonitórios, localização e principalmente "ver a linha".
Não havia Deus, não havia Diabo, não havia simpatia. E assim que a gente percebesse isso, estaria em apuros.
Desde jovens eles se encontram anualmente para passar alguns dias em um bosque no Maine para caçar e colocar o papo em dia. É uma tradição e todos os quatro a cumprem fielmente. Exceto que esse ano, as coisas não parecem muito boas como antes: Jonesy sofreu um grave acidente que quebrara o seu quadril o deixando com alguns pinos de presente e um leve mancar, Pete está cada vez mais alcoólatra e Henry, um sério psiquiatra, se encontra em um grave estágio de depressão e planejando o suicídio. Inclusive estava cogitando liquidar a sua vida ali mesmo, nesses breves dias de descanso com os amigos. O único que parecia estar bem era Beaver. 
Henry retornou aquela tarde de outubro como se a um sonho profundo. Descia ao poço da memória tão depressa, a uma profundidade tão grande, que a princípio não percebeu a nuvem correndo na direção dele, a nuvem que não era de palavras, pensamentos ou gritos, mas apenas a própria nuvem negro-avermelhada, uma nuvem com lugares aonde ir e coisas a fazer.
Certo dia, quando Jonesy está tranquilamente na Hole In The Wall, a cabana do pai de Beaver onde se encontram para caçar há anos, um homem aparece desnorteado. Jonesy quase atira nele achando ser um cervo. O homem não parece ter ideia de quanto tempo está perdido, está com alguns dentes faltando, uma mancha vermelha em seu rosto e parece estar com um grande problema intestinal. Preocupado, ele e Beaver tentam acalmar o homem perdido que murmura sobre luzes no céu e lhe dão abrigo ao menos até a nevasca passar. Pete e Henry haviam saído para comprar bebidas. O que eles não esperavam era que o homem trazia nele (sim, NELE) um grande problema. E é aí que a história começa. 
A memória é tanto o ato quanto a arte de associação.
Paralelamente temos o núcleo do Serviço Secreto do governo que colocou a área em quarentena e estava aniquilando humanos e animais nas redondezas. Essa foi a parte que me fez empacar um pouco no livro. Os diálogos eram longos, maçantes e Kurtz, o chefe, era insuportável, arrogante e dono de ZERO carisma. Foi isso que me tirou um pouco o ritmo.
Como leio o gênero terror e suspense há anos, desde novinha, não sou de me assustar fácil e para ser sincera a única coisa que realmente consegue me deixar com medo são alienígenas. Sim, isso mesmo. Pode parecer besta mas esse tema sempre me assustou e é exatamente esse o grande vilão do livro. Porém o livro não é de terror, é mais uma ficção científica mesmo. Os aliens aqui se propagam como um fungo, um parasita. Porém nem todos conseguem sobreviver ao clima da Terra e por isso temos o Sr. Cinza, o mais forte, como o "cabeça" tentando de todas as formas possíveis propagar o fungo sem que o mesmo morra por conta do frio daquela época do ano. 
Para começar, não gostava de ver a si mesmo como "Sr. Cinza" - não era essa a ideia que fazia de si mesmo ou da espécie mental da qual fazia parte; não gostava sequer de ver a si mesmo como "ele", pois era dos dois sexos e de nenhum.
Vale dizer que a história se passa em Derry, a mesma cidade de onde se passam os eventos de It- A Coisa. Tanto que temos um easter-egg bem bacana quando os personagens passam por um monumento erguido pelos integrantes do Clube dos Perdedores para as crianças vítimas do palhaço Pennywise que está pichado de letras vermelhas com a seguinte frase: "PENNYWISE VIVE!". Stephen King sabe deixar sua marca. Adoro quando ele cita seus próprios livros em outras obras. 
Acredito que Duddits somos nós.
Menção honrosa para o meu personagem preferido do livro, o Duddits. Ele era o quinto amigo do grupo, um jovem com Síndrome de Down que conquistara o coração dos garotos e o meu junto com sua risada e sua inocência. Os meninos o amavam com todo o coração e é muito bonito de ver como o tratavam. Ele era realmente parte do grupo. Sem contar que Duddits é uma parte indispensável para o livro. 
A escrita do livro é super tranquila, não é tão pesada quanto dos outros livros de King que eu já li e se tirar as partes do Kurtz lá pela primeira parte do livro, a leitura flui rapidamente, apesar de eu não ter curtido muito os xingamentos do Beaver. Ele inventava cada xingamento bizarro. Mas essa é mais uma história na qual King nos mostra sobre o poder da amizade e o impacto dela na vida de alguém. É uma leitura que indico a todos.

Ps.: Gente, o livro tem uma adaptação de 2003 PÉSSIMA. Fujam pras colinas. ~~ 

46 comentários , comente também!

  1. Duddits é a liga, o que une todos os amigos. Como não gostar do carinha?
    Também achei meio arrastada a leitura deste romance. E mais: tive que interrompê-la no livro físico (comprei a versão normal, não a de bolso) porque dezenas de páginas vieram em branco. Um erro grotesco da editora. Aí baixei um ePub e continue tudo no Kobo.
    Um livro mediano, enfim, para o nível de King. É o que achei. E a adaptação para o cinema foi de ruim a sofrível!
    A referência a Pennywise é bastante feliz. Referências cruzadas sempre são bem vindas. E, sim, esta é mais uma obra de SK sobre amizade. Se você ainda não leu, recomendo a novela O Corpo, adaptada para o cinema como Conta Comigo. Está na coletânea Quatro Estações. Para mim, uma das melhores narrativas sobre amizade verdadeira. E, claro, se não for verdadeira, não é amizade.
    Abraços e continue firme com o Rei do Maine.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lari,
    Ah pode postar mais resenhas dele... pois to adorando e você escreve elas super bem. ♥
    Eu vi a adaptação desse quando era mais nova, é péssima, acho que fiquei traumatizada e não me deu tanta vontade de ler. Mas lendo aqui, se futuramente eu encontrá-lo, vou comprar ctz.
    Eu não simpatizo com histórias com aliens, talvez implique um pouco com essas partes.
    Amei a homenagem a It. To lendo ele!

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    E eu queria ter essa empolgação toda para ler King, porém... Acho que nem a temática é para mim, ele é um pouco sombrio demais, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Larissa!
    Nem imagina o quanto estou curiosa para ler um livro do Stephen :) Tenho um na estante (Acho que se chama "Bem vindos a Joyland") que dizem ser muito "soft" para quem não lê ou não está habituado a terror… Vamos a ver se apaixono-me pela escrita e pelas histórias do senhor :)
    Beijinho grande :*



    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. bem legal ver essa resenha bem completa de mais uma obra do King, preciso retomar mais leituras do autor que gosto bastante

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Oi, Larissa como vai? Eu li esse livro no ano passado e confesso que eu gostei bastante do livro, apesar de algumas coisitas que não me agradaram tanto como o que você mencionou na resenha. Esse livro pode assustar pelo número excessivo de páginas, mas pelo menos comigo aconteceu de eu começar a ler e a leitura flui rapidamente. Não demorei muito em terminar de lê-lo. Adorei sua resenha, abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá..
    Adorei a sua resenha!
    Ainda não conhecia a obra em questão, mas pelos seus comentários pude perceber que com certeza é um livro que me agradaria. A premissa é bem legal e, é claro, já anotei a sua dica!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Amei sua resenha, os livros do Stephen King sempre dividem opiniões, mas pelo visto, essa leitura foi muito boa para você. Adorei a premissa do livro! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Que demais sua resenha, não conhecia nada a respeito. Na verdade, nunca li nenhuma obra dele! Apesar das sinopses me chamarem atenção.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  10. Uma pena que o ritmo do livro seja lento (pelo menos no começo), pois a premissa da história nos leva a ter grande curiosidade com o mistério que o livro traz. E eu também leio facilmente suspenses, mas ao contrário de você, alienigenas não me assustam, meu problema mesmo são os tais dos zumbis, haha.
    Amei a sua resenha, e vou fugir para as colinas, passando longe da adaptação do livro, kk.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  11. Que resenha apaixonante, da aquela vontade de correr e comprar o livro JÁ! Tudo do STEPHEN KING é bom, os livros os filmes baseados nos livros kkkkkk A netflix tem uns maravilhosos !!! Beijão

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia, mas imagino que deva ter sido uma surpresa bem agradável quando você passou por esse easter egg no meio do livro haha bom, eu pelo menos acharia tri :B que bom que no final a história te cativou, porque é tão ruim quando a gente empaca numa parte, né?

    um beijo,
    gabi ramalho

    ResponderExcluir
  13. Oi, Larissa!
    Cada vez que leio uma resenha sua dos livros do King ficou mais tentada a comprar várias obras dele!
    Apesar da ressalva do início o livro parece ser muito bom.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  14. Oi, Larissa!
    Esse foi um dos primeiros livros do King que li e gostei muito. Lembro bem pouco da adaptação de 2003, então é bom deixar assim hahahah
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Eu sou aquela pessoa que é louca para ler os livros de Stephen King e vou adiando, adiando e nada. Mas como muito de seus enredos e permaneço curiosa. Comecei a ler It mas não sai das primeiras páginas.
    Achei esse livro bem interessante e quero poder ler um dia (depois dos outros dele que estão na lista).
    Ri com o ps minusculo no fim do texto. hahaha
    Beeijoo!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li nada do Stephen King, mas sou doida para ler. Já anotei esse livro aqui e gostei muito da sua resenha.

    https://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  17. Oi, Larissa

    Eu tenho uma relação estranha com o autor, ou eu amo ou eu odeio os livros dele, não tem meio termo! hahahaha E olha, eu não considero os livros dele assustadores, sabe? Eu os acho incômodos, não assustadores.
    Li It recentemente e curti saber que tem um easter egg, adorei o livro apesar do tamanho e de eu ter demorado três meses para finalizá-lo.
    E o Maine... sempre o Maine. Acho essa característica dos livros do autor algo muito legal.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  18. Caraca!! Eu não fazia ideia que ele fazia uma menção a It, nem que se passava em Derry, estou pasma e preciso já ler esse livro!

    Beijo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  19. Oii!
    Menina, nunca tive a chance de ler nenhum livro do Stephen KIng! :( Já li tantos comentários positivos sobre diversos livros dele, mas nunca dei a devida atenção ao autor. Não conhecia esse livro, mas parece uma história cheia de mistério e aventura. Bem o tipo de livro que eu gosto! Não sei se teria ânimo para concluir a leitura passando por essa parte mais lenta da história (eu acabo perdendo o foco e passando outros livros na frente), mas no geral parece que o livro vale muito a pena! Vou dar uma chance ao autor em breve e descobrir o motivo de tantos leitores serem fãs do autor, rs. :p


    Beijos
    www.ventodoleste.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá , estou acompanhando este site e estou adorando seus artigos são muito bons mesmo parabéns.
    Vida cap

    ResponderExcluir
  21. E eu estava interessada na história até vc falar em alienígenas, kkkkk. É algo que não curto, tanto que o único livro do Sidney Sheldon que não gosto é Juízo Final por causa disso. Mas ainda bem que cada um tem um gosto, se não os autores estariam perdidos, rs.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  22. Esse autor só faz histórias incríveis!
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  23. Eu estou louca para ler esse livro e já baixei ele no aplicativo que estou usando para ler. Ele é o quarto das minhas leituras. Amei demais a resenha.
    Beijos. ♥️
    www.lewestinblog.com

    ResponderExcluir
  24. Oi, Lari! Tudo bom?
    Stephen King é o cara que eu tenho trocentos livros mas ainda não cheguei perto dos outros trocentos que ele lançou UHASUHUHASUHASUHAS é muita coisa, esse homem é uma máquina de escrever!
    O Apanhador é um dos clássicos que eu preciso MUITO ler algum dia.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Nunca li nada do King, mas sempre vejo bastante elogio aos livros (apesar da maioria falar que ele viaja nos finais rs).
    Também gosto bastante de terror e suspense e acho super engraçado, pois não me assusto com livros mas com filmes sim .
    Adorei conhecer esse livro pela sua resenha e acho que irei pegar ele para ler já que a escrita é mais leve comparado a outros livros ao autor.
    Abraços!
    FLeituras

    ResponderExcluir
  26. Oi Larissa,
    Que legal que a escrita desse livro não é pesada quanto a dos outros livros do King. Eu tive experiências boas (Sob a Redoma e Joyland) e ruins (It, a Coisa) com o autor. Atualmente estou empurrando com a barriga o livro Cemitério e começando a me perguntar se os livros do autor são pra mim. Vou deixar essa indicação em stand by por enquanto :)
    Beijos,
    https://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  27. Oi Lari, não curto este estilo de livros, até curtia, no passado!
    Lembro que li aquele livro dele O Iluminado e até outros de terror de outros autores, mas no momento não curto mais essa temática, então não leria este livro..
    Que bom que no final das contas vc conseguiu evoluir na leitura ;)

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  28. Oi Larissa!
    Eu nunca li nada do King, até tenho curiosidade, mas n sei por onde começar...
    N sei se seria por esse pq n curto tanto ficção científica e aliens, rs
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oi, Larissa!
    Eu queria ter toda essa empolgação quando o assunto é Stephen King, mas infelizmente eu não consigo gostar do gênero que ele escreve. É uma mistura de sobrenatural com terror e suspense... Não sei, não me desce, além de eu ter medo de coisas de terror hahaha Porém, gosto muito de ler as suas resenhas, pois elas são sempre bem animadas haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  30. Dele ainda só li Under the Dome e Cell, mas tenho vontade de ler mais! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  31. Olá, Larissa.
    Esse foi mais um dos muitos livros que li do autor e não consegui gostar. O autor faz muito isso de citar seus livros nos outros, A Torre negra é o que mais tem referencias hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  32. Oi, Larissa, quero este livro para ontem!!! Amigos e Derry, é tudo o que mais gostei em It: a Coisa. Amo o King, cada vez mais, então vou passar este à frente da minha wishlist. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  33. Já ouvi falar sobre este livro,mais ainda não tive a oportunidade de ler.
    Gostei bastante da resenha.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Eu amo o autor, então já quero ler o livro
    Amei sua resenha
    Beijos
    E te convido pra participar do sorteio que tô fazendo no meu instagram, o prêmio são pincéis de maquiagem que trouxe do Canadá, espero que participe <3
    http://www.opsquerida.com.br

    ResponderExcluir
  35. Oi Lari!
    Apesar das resenhas positivas, tenho pouquissima vontade de ler Stephen King. Não sou muito adepto ao genero suspense ou terror por isso acaba deixando quieto. Sou medroso demais. Mas de fato as obras dele sempre parecem muito intensas. E as construções de personagem do cara é genial.

    Abraços
    Emerson

    ResponderExcluir
  36. Resenha completíssima! Eu ensaio para ler mas nunca tive coragem kkk ♥


    https://estacaolilas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  37. Amei seu resume, pareceu um ótimo livro
    Beijinhos, https://damselme.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Ei Larissa,

    Eu sou fã do King também, mas ainda não li esse livro. E nem It, a coisa que você que citou rs. Ainda pretendo ler, mas tenho uma fila infinita do autor rs.
    Eu sou bem medrosa para filme, não assisto de terror por nada. Mas em livro até hoje nenhum me fez medo kk
    bjs

    ResponderExcluir
  39. Nossa, eu morro de vontade de ler este livro, mas ainda não consegui! Gosto muito desse estilo do King e tenho certeza que vou gostar dessa leitura tbm <3

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  40. Gostei da resenha Larissa. Assisti o filme sobre esse livro há muitos anos atrás, mas confesso que, pelo menos naquela época, não curti muito. Amo os livros do King e só o fato de saber que se passa em Derry me deixou bem entusiasmada. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  41. Oi Larissa,

    Acredita que ainda não li nada do Stephen King? Só conhecia It e fui ver o filme só esse ano para fazer uma critica. Estou me aventurando nesse mundo de terror ainda, comprei o livro num sebo e vou receber em dezembro por uma amiga. Se curtir já coloco esse na lista também. Sou muito Medrosa.
    Adorei sua resenha, pelo o que vi o filme é mais sobre amizade num contexto de terror.

    Beijos
    https://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Eu adoro ler resenhas ligadas aos autores de quem escreve, porque tem muito sentimento próprio envolvido. Muito aquela coisa de "eu vivi muito com as histórias desse cara/mina". Fiquei ainda mais feliz de ver a sua sinceridade: bom saber que as vezes você também perde o ritmo de leitura, mesmo adorando o autor.

    Sabrina Santiago | www.mocadecasa.com

    ResponderExcluir
  43. Eu nunca li os livros do King, mas muita gente fala muito bem deles. Esse livro eu tenho curiosidade de ler, quem sabe um dia?
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram

    ResponderExcluir
  44. Such an exciting review. You summed it all up. I'm surely gonna read this book.
    Helene Goldnadel

    ResponderExcluir
  45. Oi Larissa, eu preciso ler esse livro. Conhecia a história pela adaptação que fizeram e pelo que você disse no final já vi que não é uma boa referência. Na verdade achei péssimo o filme. Hahahaha
    Você disse que quanto o assunto é aliens você fica com medo, então Arquivo X seria uma série de terror pra você (amo e recomendo).

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  46. Larissa, tudo bem?

    Agradeço pela visita ao meu blog.

    Como meu foco é o cinema, vi a adaptação e achei a história muito interessante, porém infelizmente algumas soluções do filme deixam a desejar.

    Abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir